ecoturismo-turismo-aventura-01

Cascatas, rios, cânions e montanhas servem de cenário e abrigo a fauna e flora variadíssimas. Se você tem a intenção de ver este rico ecossistema em seu ciclo natural, poderá fazê-lo orientado por guias especializados através de trilhas praticando trekking, ciclo turismo, cavalgadas por estradas secundárias e bosques da região. Se o seu desejo de integração com o meio ambiente for a ponto de ver os pássaros e seus ninhos nas rochas, escalando-as e usufruir da força dos rios e cachoeiras em busca de emoções mais fortes, você terá a infraestrutura e orientação profissional para praticar montanhismo, “canyoning” e “rafting”. Descer cachoeiras em cordas e percorrer as corredeiras em botes infláveis são aventuras inesquecíveis.

Trekking – Com equipes de guias experientes, você percorre os mais belos locais para a prática da caminhada esportiva, o “trekking”, tendo um real contato com a natureza quase intocada.

Rafting – Em um rio perfeito para iniciantes e veteranos, a aventura começa na barragem das Laranjeiras e se estende por 4 quilômetros até o Parque das Laranjeiras. No meio do percurso, o visitante poderá cair na água, aproveitando um toboágua natural para um banho. Existem outros locais na região com percursos mais radicais para quem gosta de aventuras muito emocionantes.

Rapel – O Rapel é a técnica de descida a partir de pontos elevados.
Aproveitando o relevo de nossa região, você poderá desfrutar desta atividade como um verdadeiro alpinista.

Cavalgada – Relaxe das tensões do dia-a-dia fazendo uma cavalgada junto ao rio e às montanhas. Aproveite a paisagem e o fascinante contato com a natureza local. O ambiente ao ar livre e a energia da atividade propiciam um clima de integração e amizade entre os participantes neste cenário típico de uma fazenda gaúcha.

Pêndulo e Tirolesa – No parque da cachoeira, em uma ponte a 12 metros da água, você vai se sentir em um balanço gigante (pêndulo). Segurança e adrenalina são os temperos desta aventura. Se preferir, poderá atravessar o rio a 75 metros de altura preso numa corda (tirolesa).